O Nihongo, idioma japonês

A adoção dos rituais xintoístas pelo Budismo marca o processo de “japonização” das culturas estrangeiras no Japão, o que se refletiu também na agricultura, com a importação das ferramentas e da cultura do arroz.
Os caracteres chineses, trazidos pelos monges e utilizados para o estudo do Budismo, tiveram a necessidade de simplificação para maior facilidade na língua escrita. Esta simplificação criou uma nova forma de se comunicar, através do que se conhece hoje como nihongo, ou a língua japonesa, que é a utilização de muitos dos caracteres chineses (kanji) com o sistema fonético (kana), sílabas fonéticas criadas a partir de muitos kanji bem conhecidos e utilizados. O silabário kana é dividido em katakana e hiragana e uma das funções do katakana é a de escrever as palavras estrangeiras em japonês.
Com essa simplificação da escrita, os japoneses iniciaram a sua história literária com o desenvolvimento do romance Genji Monogatari ou “A História de Genji”, que descrevia a vida da corte e dos aristocratas, escrita por Lady Murasaki no início do Século XI. Este é o primeiro livro escrito em nihongo.

2 Responses to O Nihongo, idioma japonês

  1. Marcelo Yasuda says:

    Caro Helio,

    Como vai de Brasil?
    Ja nao temos mais os updates diarios e acho que tudo ai deve estar na correria.
    Entao mando um abraco.
    Do amigo
    Marcelo

  2. patrycia says:

    qual é o idioma de tóquio ,Japão

    Kiss

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>