Provérbios aplicados ao dia a dia dos negócios

No Japão, assim como em vários países e diferentes culturas, o cotidiano dos negócios tomam emprestados provérbios e ditados que são aplicados, normalmente, para evitar falar diretamente o que se pensa de uma determinada situação ou para apenas soltar uma frase como sinal de alerta frente a riscos eminentes.
Vou colocar neste espaço algumas frases que vou ouvindo e pesquisando; espero aumentar essa lista com a colaboração daqueles curiosos que ouvem no trabalho ou encontram na literatura.

1. Tsuru no hitokoe: Significa literalmente “a voz da cegonha”. Tem o significado da palavra do superior, do chefe. Usa-se, por exemplo, quando o presidente da empresa diz alguma coisa e isto deve ser a lei a ser cumprida;

2. No aru taka wa tsume o kakusu : Literalmente pode ser traduzida como “o falcão inteligente esconde suas garras afiadas”. Diz-se dos indivíduos que podem ser perigosos no trabalho, algo como no Brasil se diz de alguém que é “águas paradas… (são profundas e perigosas)”;

3. Ishi no ue nimo sannen : “Se alguém se sentar em uma pedra por três anos, esta vai ficar aquecida”. Ou seja, para se atingir um objetivo deve-se ser paciente e perseverante. Algo como “devagar se vai ao longe”;

4. Saru mo kikara ochiru : “Até os macacos caem das árvores”. Utilizado para mostrar que mesmo os melhores apresentam falhas ou que ninguém está livre de erros.

Quem quiser, por favor, vá aumentando a lista!

Fonte: “Salary-man in Japan”, 1997, JTB, Japan.

About Helio Ciffoni

Helio Galvão Ciffoni, 1956 Mestre em Educação, Físico e Engenheiro Civil. Empresário do setor de Tecnologia da Informação, consultor de empresas, professor universitário por mais de 25 anos.
This entry was posted in Negócios. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>